Yoga é considerada Patrimônio Imaterial da Humanidade pela ONU

Yoga é considerada Patrimônio Imaterial da Humanidade pela ONU
02 jun 2017

Os benefícios ao corpo e à alma são vários – pergunte a quem já pratica! – e, por cada um deles, a Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura) elegeu a yoga como um dos 13 patrimônios imateriais da humanidadeao lado de relíquias culturais como a rumba cubana e a Danza de Las Tijeras, uma dança tipicamente peruana.

O órgão da ONU, no entanto, fez questão de deixar claro que os ganhos trazidos pela yoga vão muito além da esfera cultural. Em comunicado, a entidade destacou que a filosofia que há por trás da prática é riquíssima e, desde sua origem, no século VI a.C., “influenciou desde a saúde e a medicina até a educação e a arte, trazendo ganhos inestimáveis para a Índia e para o mundo”.

Ainda segundo a Unesco, a yoga foi eleita por seu “sentido universal e despido de preconceitos, podendo ser praticada por jovens e velhos, sem discriminação de gênero, classe e/ou religião, e por ter a capacidade de ajudar as pessoas em suas esferas individuais, contribuindo para sua autorrealização, liberdade e desprendimento de sofrimentos”.

Depois de tantos elogios e boas recomendações, tem como não se render à prática?


Share

Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *