Vegetarianos vivem 20% mais, garante estudo

Vegetarianos vivem 20% mais, garante estudo
28 abr 2016

Sabe aquela ideia arcaica de que vegetarianos veganos não conseguem ingerir uma quantidade de proteína adequada para suprir as necessidades de crescimento e manutenção do corpo humano? Ela está tão enraizada na sociedade que, nos EUA, um filho chegou a ser tirado de sua mãe porque ela havia optado por uma dieta vegana para o bebê!

Vários fatos científicos comprovam que isso é mentira. Entre eles, um estudo que garante que a dieta vegana reduz o risco de doenças de coração em crianças, outro que diz que esse tipo de dieta pode salvar oito milhões de vidas até 2050 e até uma cartilha do Ministério da Saúde que declara a alimentação vegana como saudável.

A novidade agora vem diretamente da Universidade Loma Linda, da Califórnia, nos Estados Unidos. Além de evitar a emissão de até 33% de gases de efeito estufa ao optar por esse tipo de alimentanção, os vegetarianos tendem a viver 20% mais tempo que os carnívoros. A pesquisa analisou 73 mil pessoas e coletou dados por anos a fio para então poder fazer a declaração.

“Não conhecemos nenhum outro estudo que usou dados não estimulados para criar informações sobre mudanças climáticas e consequências de diferentes dietas na saúde da população”, comenta Joan Sabate, coautor do estudo.

Para saber mais sobre a pesquisa, clique aqui!

Foto: Amarand Agasi/Creative Commons


Share

Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *