Tartaruga diagnosticada com tumor no estômago, na verdade, havia engolido 915 moedas atiradas na água para trazer sorte

Tartaruga diagnosticada com tumor no estômago, na verdade, havia engolido 915 moedas atiradas na água para trazer sorte
19 abr 2017

Sabe aquela antiga superstição de atirar moedas na água para realizar desejos ou ter boa sorte? Na cidade de Chonburi, na Tailândia, ela quase custou a vida de Piggy Bank, uma tartaruga de 25 anos de idade que vivia em um grande tanque público da região.

O local foi eleito por moradores locais e turistas como um “poço da boa sorte”. Todos jogavam moedas ali para atrair para a vida boas energias. Até o dia em que Piggy Bank foi retirada do tanque temporariamente por conta de uma grande obra que estava sendo realizada na região e poderia comprometer sua saúde.

Ao recebê-la para uma temporada, o Centro de Proteção das Tartarugas Marinhas da Tailândia percebeu que o animal estava doente – já havia tempos. Sua barriga estava tão inchada que a parte inferior de seu casco já havia descolado em partes por conta do peso e estava cheia de fungos.

A princípio, os pesquisadores diagnosticaram um tumor, mas depois descobriram que o que a tartaruga tinha na barriga, na verdade, eram 5 quilos de moedas (!!!!). Aquelas que há anos eram jogadas no tanque para atrair boa sorte, lembra?

Sete horas de cirurgia depois, os veterinários retiraram as 915 moedas – tailandesas e estrangeiras – do estômago do bicho, que deve se recuperar em dois meses. Parece que esse tanto de moedas engolidas por Piggy Bank 🙁 trouxe sorte para sua operação, que foi bem-sucedida. (Olha a ironia! 🙁 )

Que absurdo! Até quando, seres humanos?

Assista, abaixo, ao vídeo da história, publicado pela EuroNews.

Foto: Reprodução/YouTube


Share

Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *