RJ promove encontros de meditação e almoços veganos para moradores em situação de rua

RJ promove encontros de meditação e almoços veganos para moradores em situação de rua
16 mar 2017

Quem passa pelo Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, às segundas-feiras de manhã, tem o privilégio de assistir a uma dessas cenas que faz qualquer um começar melhor a semana: aulas de meditação para moradores em situação de rua.

A ideia foi do professor Andre Andrade Pereira, que fundou o Projeto Voar – Yoga de Rua. A iniciativa oferece aos sem-teto, três vezes por semana, sessões de meditação e yoga, que terminam com um delicioso almoço vegano que é servido a todos.

Mas de onde surgiu a ideia? Pereira acredita que estar em paz é condição primordial para um ser humano “sair da estagnação, olhar para dentro e buscar forças para se reconstruir” e confia plenamente que momentos de meditação e yoga são excelentes caminhos para isso.

Assim, todas as segundas (no Aterro do Flamengo), quartas (no parque Eduardo Guinle) e quintas (na Praça Paris), das 9h30 às 12h, Andre e mais cinco voluntários promovem os encontros ao lado de todos os moradores em situação de rua que estiverem a fim de participar.

As ações começam com uma caminhada em silêncio, que termina ao pé de uma árvore, onde os participantes se sentam para praticar meditação por cinco minutos. Em seguida, há um pequeno bate-papo: as pessoas se apresentam e dizem como estão se sentindo no dia. A partir daí, os professores intercalam momentos de yoga, meditação, conversa e silêncio com os participantes e finalizam o encontro com um convite para um almoço vegano. As marmitas são todas preparadas com muito carinho pelo Isha Burguer e todos comem juntos ao pé das árvores do local.

Pequenas atitudes que podem fazer grande diferença na vida de alguém – principalmente daqueles que são tratados como invisíveis a todo momento pela grande maioria da sociedade.

Foto: Lorena Mossa/Divulgação/Projeto Voar – Yoga de Rua


Share

Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Observações

  1. Aristóteles Barros da Silva Diz: março 17, 2017 at 9:03 pm

    Já procurei em tudo quanto há de dicionários e não consigo encontrar o significado da palavra VEGANO. Por favor, me ajudem, esclarecendo minha dúvida. Que raios vem a ser VEGANO?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *