Fabricantes de tofu usam resíduos da produção para gerar energia em vilarejo que não tem luz

Fabricantes de tofu usam resíduos da produção para gerar energia em vilarejo que não tem luz
20 jun 2016

O acesso à energiaque, inclusive, tem tudo a ver com qualidade de vida – ainda é luxo em muitas partes do mundo. Na Ilha de Java, localizada na Indonésia, 150 produtores de tofu estão transformando restos de matéria-prima em energia para a região.

É que para fazer tofu, muita água é desperdiçada. É preciso, aproximadamente, trinta litros do recurso para cada dois quilos do produto.

Até pouco tempo atrás, toda essa água era jogada fora. Agora, no entanto, ela é tratada com uma bactéria que digere o ácido acrescentado durante o processo de produção. Essa digestão resulta em biogás, que é utilizado em fogões da vila. Antes, utilizava-se combustível fóssil e madeira.

A entrega de combustíveis era muito esporádica no vilarejo, o que significava semanas e até mesmo meses sem o recurso, impedindo o cozimento de alimentos. Agora a fonte é local e três vezes mais acessível, graças à tecnologia. Desta forma, a água que iria poluir o meio ambiente (por conta dos químicos que recebe no processo produtivo) se tornou fonte de energia limpa. Bacana, não?

Em breve, o governo local quer ainda abastecer as luzes da cidade com a energia limpa proveniente da fabricação de tofu. Para tanto, será construído um biodigestor enorme no vilarejo. Até 2025, a ideia é que 25% de toda a energia utilizada na cidade seja limpa. Segundo as autoridades locais, se todos os produtores de tofu participassem do programa, haveria uma redução no consumo equivalente a 56 toneladas de combustível fóssil todos os anos. Bora fazer parte da iniciativa, gente!



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *