Portugal inaugura 1º supermercado sem embalagens e que só vende orgânicos

Portugal inaugura 1º supermercado sem embalagens e que só vende orgânicos
27 set 2016

Depois de Berlim e Paris, chegou a vez de Lisboa aderir à moda dos supermercados a granel (que, na verdade, são da época dos nossos tataravós). A capital de Portugal acaba de ganhar sua primeira mercearia que vende apenas alimentos sem embalagens.

A ideia é evitar o desperdício de comida, uma vez que os clientes podem escolher a quantidade exata que vão comprar, e ainda reduzir a produção de lixo. Das bandejinhas de isopor às caixinhas das pastas de dente, já parou para pensar no tanto de embalagens desnecessárias que jogamos fora todos os dias?

Batizado de Maria Granel, o supermercado ainda oferece mais um benefício aos consumidores: só compra de agricultores orgânicos. Ou seja, os alimentos vendidos ali são livres de agrotóxicos!

Por enquanto, no Brasil, ainda não estamos no nível de Berlim, Paris ou Lisboa, onde já existem supermercados 100% sem embalagens, mas estamos dando bons passos rumo ao fim dos descartáveis. O mais recente deles envolve a grande rede de supermercados Pão de Açúcar, que passou a vender a granel. Um bom começo, não?


Share

Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Observações

  1. recomendo aos interessados que visitem a zona cerealista em São Paulo (capital), e lá poderão ter a cesso a vários mercados iguais a esse, com benefícios de preço muito mais acessível . Avenida Mercúrio, Rua Santa Rosa e adjacências

  2. Isso é inovação,promissora apesar de tratar-se de um repeteco, do século passado.
    É por aí. A economia de escala, de embalagens, e pesos a transportar é imensa. O que descartamos de embalagens de um rancho,em casa, é absurdo, e pagamos por isso.Nesta configuração, TODOS, ganham e não desperdiçam.

  3. PRISCILA ALVES Diz: setembro 28, 2016 at 9:59 am

    Voltamos a venda a granel

  4. Iniciativas como esta devem ser prestigiadas e incentivadas. O planeta está com muito lixo que pode reduzido. A “nossa casa” de ser cada vez mais limpa pois nossos descendentes vão morar aqui!

  5. Raul Almeida Diz: outubro 5, 2016 at 9:48 am

    produtos orgânicos da treta pois são produtos que não existem

  6. Não sei se estou distraido, mas não consigo saber nem o nome da loja, nem onde fica, alguém me pode ajudar?

  7. Fabiana Gazaffi Diz: outubro 7, 2016 at 6:46 pm

    No Emporio Döll na Teodoro Sampaio, 1882 Pimheiros, vendemos a granel e temos vidros disponíveis para reciclagem e recebemos vidros limpos, dos clientes também. Esperamos sua visita.

  8. Isso não é modernidade, é retrocesso. Eu vivi esse negocio de “sem embalagem”, pois nos anos de 1.960 e 70 fui “ajudante de balconista” de um grande armazém de secos e molhados, em uma pequena cidade do interior oeste de SP. Os fregueses vinham comprar e traziam sacarias para levar suas compras para casa, pois tudo éra a granel e muitas coisas eram embrulhados em jornal ou papel de pão e amarrados com barbantes. Eu não compraria em uma loja que vende tudo sem embalagens! ! !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *