Startup constrói (em 1 semana) casas populares com plástico encontrado no lixo

Startup constrói (em 1 semana) casas populares com plástico encontrado no lixo
27 jan 2016

Enquanto os lixões não param de acumular plástico, há muitas pessoas que não tem um teto para morar. E o que uma coisa tem a ver com a outra, afinal? Para a EcoDomum, startup mexicana, tudo!

O grande “vilão” do meio ambiente – que demora centenas de anos para se decompor, enche lixões e polui oceanos – também é uma solução muito viável e econômica de moradia popular. A matéria-prima barata garante a acessibilidade da tecnologia, que tranforma plástico em paredes e telhados. Segundo a EcoDomum, uma casa com 40 metros quadrados custa aproximadamente U$ 280 dólares para ser construída.

E mais! Além de acessível, o material é durável e impermeável. A startup produz cerca de 120 painéis todos os dias, evitando que cerca de 5,5 toneladas de plástico sejam desperdiçados no lixo diariamente. Uma casa simples leva uma semana para ser construída e usa apenas 80 painéis — cerca de duas toneladas de plástico —, segundo o fundador da empresa, Carlos Daniel González.

Todo o processo de construção, desde a coleta e separação do plástico até a produção dos painéis e montagem das casas, é feito pela startup, que enxergou uma grande oportunidade de aquecer a economia local, enquanto resolve dois problemas: um social e outro ambiental.

A empresa já construiu mais que 500 casas com o método e já está com diversos projetos para o futuro. O objetivo é expandir ainda mais a capacidade de produção e espalhar a iniciativa pelo país — e, por que não, pelo mundo?


Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Observações

  1. […] CLICANDO AQUI! […]

  2. […] Fonte: The Greenest Post […]

  3. […] Fonte: The Greenest Post e Unreasonable […]

  4. Lígia Aracy D'Elia Diz: agosto 2, 2016 at 9:58 am

    Bom dia!
    Gostaria de saber como construir casas,rápidas de baixo custo.
    Tenho dois filhos que estão precisando de moradia, tenho a área para construir
    que é onde moro.
    E gostaria de mostrar no meu bairro e cidade inovações de sustentabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *