Ônibus itinerante vende alimentos orgânicos de produtores familiares por um preço acessível

Ônibus itinerante vende alimentos orgânicos de produtores familiares por um preço acessível
26 abr 2016

Comer alimentos saudáveis não é barato e viver deles também não é uma tarefa fácil. Produtores orgânicos enfrentam muitas dificuldades no cultivo, colheita e distribuição dos alimentos que produzem para garantir a qualidade que, muitas vezes, é trocada pelos preços mais em conta dos alimentos convencionais.

Para distribuir produtos orgânicos a um custo mais acessível, a Cooperativa de Produtores Orgânicos da Agricultura Familiar de Campo Grande criou um ônibus itinerante que leva frutas, legumes e verduras pelo valor único de R$ 3. Toda quarta-feira, perto da igreja do Perpétuo Socorro, em Campo Grande, é possível encontrar o veículo.

A feira possui mais de 1,2 mil vegetais por edição e aproveita o movimento da novena da igreja para garantir o fluxo de caixa. Segundo Vanderlei Fernandes, presidente da entidade, quando a feira acaba, às 11h, já não há mais nada no ônibus.

A iniciativa reúne profissionais como nutricionistas, agrônomos e agroecológicos que garantem a qualidade, variedade e procedência dos alimentos. “Nosso objetivo é que a população tenha o hábito de consumir produtos saudáveis”, explica Vanderlei. Demais!



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Observações

  1. Ruth Fiusa Diz: maio 1, 2016 at 4:50 pm

    Essa eh uma revolucao que apoio e me enche de orgulho por ser brasileira. Um novo Brasil moderno e criativo para o bem.

  2. Rosa Manchesski Diz: maio 11, 2016 at 2:18 pm

    A única chance de vivermos saudavelmente passa por iniciativas que divulguem o uso de alimentação orgânica. Pra isso é preciso multiplicar a difusão de informações sobre postos de vendas desses produtos, como faz minha estimada amiga Gema Loraschi, que compartilhou este excelente post.
    Vamos compartilhar esta informação de primeira necessidade com certeza!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *