A mulher que passou a dizer SIM para tudo o que tinha medo (e viu sua vida mudar para melhor)

A mulher que passou a dizer SIM para tudo o que tinha medo (e viu sua vida mudar para melhor)
19 abr 2016

Há mais ou menos um ano, a escritora estadunidense Shonda Rhimes topou uma experiência que pode parecer perturbadora para a maioria das pessoas: dizer sim a todas as coisas que a assustavam e a tirariam de sua zona de conforto.

Depois das primeiras vezes, algo estranho começou a acontecer: dizer SIM ao que ela tinha medo fez com que esse mesmo medo sumisse. O pavor de fazer tudo o que a assustava e a limitava simplesmente desapareceu. O medo de falar em público, a ansiedade social…

A experiência colocou Shonda em muitas situações malucas. Esperta, uma de suas filhas pediu para que a mãe brincasse com ela todas as vezes que pedisse. TODAS. E ela disse… SIM. Como uma promessa. Pode parecer ousado para muitos pais que levam uma vida de trabalho tradicional – oito horas diárias, folgas aos finais de semana e trinta dias de férias uma vez por ano – e, de fato, foi. A escritora não esconde: parecia algo irrealizável, à princípio. Até porque, sua vida profissional é intensa…

Rhimes é responsável, simultaneamente, pela produção de três séries de sucesso – nada menos que os fenômenos “Grey’s Anatomy”, “Scandal” e “How to Get Away With Murder”. Em uma única temporada, a autora é responsável, sozinha, por 70 horas do que as pessoas veem na TV – em 256 países e 67 idiomas (!).

No entanto, segundo ela, o que parece o trabalho dos sonhos não passa de realidade comum. É só trabalho mesmo. Trabalho que a impulsiona, a motiva e a faz querer buscar sempre o melhor. Como deveriam ser todos os trabalhos, aliás.

O desafio é lidar com o sucesso: as expectativas sobre você aumentam e existe uma pressão para produzir cada vez mais e melhor. A situação levou Rhimes a “secar”. Mesmo adorando seu trabalho, ela deixou de produzir. Como uma música, que guiava o coração e repentinamente acabou.

Eis que sua filha pediu para brincar. E ela disse SIM. E percebeu uma outra coisa que acontece quando você começa a dizer SIM para a vida. Nem sempre as coisas para as quais você normalmente diz SIM são verdadeiramente aquelas que deveriam te mover, te impulsionar. Às vezes, passamos a vida dizendo SIM para as mesmas coisas, porque elas por alguma razão parecem fazer sentido, quando, na realidade, já estão somente automatizadas, na nossa zona de conforto, e não nos levam a lugar algum.

A tal motivação profissional que a escritora achava que a norteava, no fundo, limitava sua vida ao trabalho. A motivação tem que vir da empolgação. Seja com uma série de TV de sucesso. Com os quinze minutos que você se dispõe a brincar com os filhos. Com o tempo que doa aos amigos. Com a comida que deixa de ser congelada e começa a ser preparada com as próprias mãos.

As coisas para as quais você diz SIM são aquelas que vão acontecer na sua vida. São as memórias que você vai criar e as experiências que vai adquirir. É não ficar só esperando as oportunidades perfeitas chegarem, mas criá-las dia a dia, abrindo as portas para aquilo que vai te tirar da zona de conforto. É perder o medo ao descobrir que, na verdade, ele era desconhecimento. E passar a ouvir os zumbidos que, na verdade, estão soprando para te levar a outros caminhos (melhores, por que não?).

Assista, abaixo, à palestra de Rhimes.



Eco Rede Social
Eco Rede Social

A Eco Rede Social tem como missão estimular, disseminar, compartilhar e realizar ações transformadoras que contribuam para o desenvolvimento pessoal e da sociedade na direção da ética, desenvolvimento humano e da sustentabilidade. Uma plataforma que converge artigos, atividades de financiamento coletivo, livros, cursos, palestras, consultoria e relações internacionais, promovendo as condições necessárias para que o maior número de pessoas com os mesmos objetivos, possam realizar seus projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *