NASA confirma existência de segunda Lua na órbita da Terra

NASA confirma existência de segunda Lua na órbita da Terra
16 fev 2017

Levar 100 anos para oficializar um relacionamento é tempo demais, não? Mas, quando falamos de planetas, é o tempo certo a ser respeitado.

Após quase um século na órbita terrestre, um asteroide ganhou reconhecimento da NASA como a nova mini-Lua da Terra. Medindo entre 40 e 100 metros de diâmetro, este pequeno rochedo circunda o Sol em órbita similar à da Terra. Os cientistas da NASA revelaram que, além disso, o asteroide também rodeia nosso planeta em trajetória não muito diferente da Lua que já conhecemos e amamos.

A primeira aparição de nosso novo companheiro chamado Asteroide 2016 HO3 foi em 27 de abril de 2016. Foi detectado pelo telescópio Pan-STARRS 1 em Haleakala, no Hawaii. Mas, embora esteja atualmente na órbita terrestre, nossa segunda Lua pode não permanecer para sempre. Sua trajetória tem padrão único, mostrando uma torção lenta para trás e para frente ao longo de várias décadas. Espera-se que continue flertando com nosso planeta por pelo menos mais alguns séculos.

Ao longo dos anos, outros asteroides fizeram uma dança similar com a Terra, mas eram mais como paqueras do que relacionamentos de longo prazo, se vamos continuar com a metáfora. Há mais de 10 anos, o asteroide 2003 YN107 seguiu um padrão orbital semelhante por um breve período de tempo, mas desde então deixou nossa vizinhança. Este novo asteroide está mais preso a nós, e tem previsão de se manter assim nos séculos que estão por vir.

Abaixo segue um vídeo (em inglês) da NASA, explicando o fenômeno.

Fotos: NASA/JPL-Caltech


Share

Guilherme Lupino
Guilherme Lupino

Engenheiro Civil, formado pela Universidade Estadual Paulista, entusiasta em novas tecnologias e sistemas de construção sustentáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *