Morador de rua oferece serviço de carreto em kombi que comprou catando lixo reciclável

??????????
15 ago 2016

Moradores de rua estão na situação em que estão porque querem!“; “São acomodados!“; “Se acostumaram a viver de doações!“; “Não querem trabalhar!“. Quem aí já não ouviu um comentário assim?

Morador de rua há mais de 30 anos, Jonas Manuel contraria todos os pré-conceitos. Ele rala (e muito!), todos os dias, para conseguir sair da situação em que está.

Durante o dia, cata recicláveis na Mooca, em São Paulo, e sempre que surge a oportunidade também faz serviços de carreto pela região.

Mas como um morador de rua tem um carro para fazer carretos, se ele sequer tem uma casa para morar?“, você pode estar se perguntando. A gente explica: Jonas juntou dinheiro a partir da venda dos recicláveis que cata na rua e, como um verdadeiro empreendedor, decidiu primeiro investir no seu ganha-pão. “É o que vai me trazer estabilidade e fazer eu me reerguer”, conta ele.

Sim, Jonas comprou uma kombi, antes mesmo de alugar um cantinho para ele, para poder TRABALHAR. Para conseguir se restabelecer e sair da rua, de uma vez por todas. Para finalmente procurar a família de cabeça erguida. Abraçar as filhas sem vergonha. Conhecer os netinhos que ainda não teve a oportunidade de segurar no colo. Dizer a eles que foi difícil, mas VENCEU!

Que tal ajudá-lo? Se você mora em São Paulo, sobretudo na região da Mooca, e necessita de serviço de carreto – seja para transportar móveis, levar ou buscar alguma encomenda ou até carregar os pacotes do mercado para casa –, lembre do Jonas e da sua kombi. Lembre desse sorriso aí da foto. Dessa história de superação. Lembre que, nem sempre, as pessoas estão na rua porque querem. Às vezes, elas só precisam de oportunidade. Você pode ajudar?

O serviço de carreto do Jonas é excelente – nós já testamos e aprovamos! – e custa a partir de R$ 50. Para entrar em contato com ele, mande mensagem pelo WhatsApp para o número (11) 95813-0022.


Share

Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Observações

  1. Olá, muito Bom… Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *