Mercadinho em Pernambuco tem prateleira com alimentos grátis para aqueles que têm fome

Mercadinho em Pernambuco tem prateleira com alimentos grátis para aqueles que têm fome
10 jan 2017

Todos os anos, cerca de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos vão parar no lixo no mundo todo, de acordo com dados da ong Banco de Alimentos. Maíra Mousinho Amariz e Jackson Moura são donos de um mercado no bairro de Vila Mocó, na cidade de Petrolina, em Pernambuco, e sabem bem como esse tipo de desperdício pode ser grande.

Junte isso a uma quantidade considerável de moradores em situação de rua e pessoas extremamente pobres que sempre passam em frente ao estabelecimento pedindo por ajuda e tens a receita perfeita para o início de uma ação encabeçada pelo casal, que tem como intuito doar alimentos para aqueles que precisam.

Na fachada, o mercadinho ostenta uma estante cheia de pacotes de arroz, feijão, pão, frutas e verduras. Próximo aos alimentos está uma placa informando que os produtos estão disponíveis gratuitamente, mas que os interessados devem pegar somente o necessário para matar a fomeregra que é seguida à risca por todos, segundo afirmou Maíra, em entrevista ao G1.

O casal viu a generosidade se multiplicar quando clientes do mercado também se propuseram a contribuir com a causa, trazendo de casa ainda mais produtos para a prateleira. Gentileza gera gentileza, não é mesmo? E vale ressaltar que o reabastecimento da estante acontece durante todo o dia, para sempre ter algo disponível a quem precisa. <3

Post escrito por Tissiane Vicentin.

Foto: Reprodução/TV Grande Rio



Redação
Redação

Também quer ver seu texto publicado no The Greenest Post? Entre em contato com a gente pelo e-mail colabore@thegreenestpost.com!

Observações

  1. O Mundo ainda pode ter um amanhã melhor,só depende de um unico gesto(SOLIDARIEDADE)

  2. Ótima atitude… que seja, sem pudor, copiada por muitos!
    Parabéns ao casal e demais colaboradores da causa que enxergam o outro com solidariedade, compreensão… ir muito além do próprio umbigo é amoroso!

  3. Que belo exemplo onde o casal proprietario do mercado enxerga as pessoas nao apenas como consumidores mas como alguem que tem sonhos, necessidades e vai alem ao aceitar a colaboracao de outras pessoas para formar uma grande corrente de solidariedade. E que sirva de inspiracao para atenuar grandes mazelas que surgem pela falta de amor ao proximo.

  4. Neide Matsumoto Diz: julho 26, 2017 at 1:20 am

    Vamos difundir a ideia por um mundo sem fome.

  5. Marisa Berlando Diz: julho 26, 2017 at 9:21 pm

    Linda iniciativa, quem doa aos necessitados é abençoado duplamente por Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *