Los Angeles libera calçadas para cidadãos cultivarem hortas e jardins

Los Angeles libera calçadas para cidadãos cultivarem hortas e jardins
07 jul 2016

Na contramão da maioria das cidades do mundo, onde é preciso ter autorização do governo para plantar em espaços públicos, Los Angeles liberou todas as suas calçadas para que cidadãos cultivem hortas e jardins.

Em vigor desde o começo de 2016, a nova medida exige autorização apenas para o plantio de árvores frutíferas, uma vez que seu crescimento pode comprometer as calçadas e a visibilidade de placas e faróis. No mais, vale tudo: exceto vender as plantas e alimentos cultivados no espaço público.

A medida foi comemorada pelos defensores do movimento de agricultura urbana, encabeçado na cidade por Ron Finley. Morador da periferia de Los Angeles, ele foi o primeiro a levantar a bandeira da causa: a fim de se alimentar melhor, plantou uma horta no gramado perto de casa e, em seguida, indignou-se com a multa cobrada pela prefeitura por usar o espaço público sem permissão. Desde então, nunca mais sossegou. Fundou o The Ron Finley Project e já angariou milhares de adeptos da causa pelo mundo afora.

Além de garantir alimentos mais frescos e saudáveis à população, a medida deve esverdear a cidade, deixar o ar mais puro, contribuir para que animais, como pássaros, retornem ao local e ainda aproximar as pessoas da comunidade. Afinal, quem é horteiro sabe: nada como fazer amigos entre uma pá de terra e outra!

Foto: Reprodução/Facebook/The Ron Finley Project



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *