A ilha que funciona 100% à base de energia limpa e em breve se tornará carbono zero

A ilha que funciona 100% à base de energia limpa e em breve se tornará carbono zero
07 jul 2016

Logo ao sul da Coréia do Sul existe uma ilha chamada Jeju, onde moram mais de 600 mil pessoas. Dá para imaginar a pegada ambiental desse lugar? Pois imagine e reduza para zero, pois até 2030 a ilha quer se tornar totalmente neutra em emissão de carbono.

Ao lado desta ilha existe uma outra, ainda menorzinha, chamada Gapado. A comunidade é pequena, apenas 177 pessoas, mas é essa população que inspira os moradores de Jeju. Gapado vive basicamente à base de energia solar e eólica e quer se tornar a primeira ilha do mundo a ser 100% carbono neutra.

Para Gapado, diminuir suas emissões não foi fácil. Levou mais de quatro anos – e teve muita ajuda do governo de Jeju (que adotou o local para realizar experimentos). Lá existe um sistema de armazenamento de energia integrado para as duas principais fontes, garantindo energia de sobra mesmo em dias extremamente nublados.

48 das 97 casas da ilha possuem painéis solares no teto e mais de US$ 100 milhões foram investidos em geração de energia eólica (dando ao local a capacidade de produzir até 500 kilowatts). Foi o distrito de Jeju que arcou com a maior parte dos gastos, os moradores ficaram responsáveis por apenas 10% do investimento.

“A ilha toda consome 150 kilowatts por dia e só os geradores eólicos produzem pelo menos três vezes mais que isso. A falta de energia não deve ser um problema”, conta Lee Young-suk, gerente do sistema de armazenamento local.

Ah, e o principal meio de transporte da ilha é a bicicleta. Existem apenas nove carros na região para transporte, sendo que quatro deles são elétricos. É ou não é um bom exemplo a ser seguido?



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Observações

  1. Parabéns pela matéria. Exemplo para o mundo a ser seguido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *