Bicho não é entretenimento! Turistas podem ser proibidos de nadar com golfinhos no Hawai

Bicho não é entretenimento! Turistas podem ser proibidos de nadar com golfinhos no Hawai
22 set 2016

É verdade que golfinhos são fofos e muito dóceis, mas não nasceram para ficar presos em uma determinada região, domesticados para atrair turistas. Além de ser crueldade com os bichos, a prática desequilibra o ecossistema e coloca a espécie em situação de vulnerabilidade. Tudo isso só para atrair público disposto a desembolsar uma grana para tirar fotos com eles? Qual o sentido?

Finalmente as autoridades locais do Hawai se deram conta do absurdo, comprometendo-se a colocar um fim de uma vez por todas na prática. A medida pretende proibir a interação direta de turistas com os golfinhos apenas nos 45 primeiros quilômetros da costa, mas já é um bom começo.

Tudo isso para respeitar a rotina natural da espécie, que costuma ser mais ativa à noite, quando procura por alimento em águas fundas, e volta para o raso de dia para fazer digestão e descansar. Desta forma, o estresse dos animais seria evitado.

“Em algumas regiões, é possível avistar de uma vez só até 13 barcos de empresas que levam turistas para nadar com um pequeno grupo de golfinhos”, aponta relatório. Segundo Ann Garett, da Marinha Nacional, todo esse movimento prejudica a saúde dos animais. Ou seja, o que tem graça para a gente, não é nem um pouco divertido para os bichos! Demorou para aprovar essa legislação, não?

Foto: Toshihiro Gamo/Creative Commons



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Observações

  1. O SER HUMANO TRANSFORMOU A VIDA DOS ANIMAIS DESTE PLANETA NUM INFERNO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *