França obriga prédios comerciais a ter telhado verde ou painel solar

França obriga prédios comerciais a ter telhado verde ou painel solar
17 jun 2015

Se não é por consciência, que seja então por obrigação! A partir de agora, qualquer edifício comercial construído na França precisará ter telhado verde ou painéis solaresà escolha do freguês.

A nova Lei, aprovada pelo parlamento francês, faz parte de um pacote de medidas energéticas proposto pelo governo para reduzir o uso de energia nuclear no país – que, realmente, está alto. Segundo a World Nuclear Association, 75% da demanda energética da França é suprida por essa fonte (não renovável e, portanto, nada sustentável).

Com a nova medida, os edifícios comerciais terão energia solar para gerar eletricidade (em vez da nuclear) e/ou telhados verdes para proteger seus frequentadores das intempéries do tempo. Assim, no calor, não será necessário usar tanto o ar-condicionado (já que as plantinhas deixarão o ambiente mais fresco) e, no inverno, será possível dar uma folga para o aquecedor (já que as plantas também retém a umidade). Sem contar que prédios com cobertura vegetal deixam a cidade muito mais bonita e o ar muito mais limpo, entre outros benefícios. Aliás, alguém consegue pensar em um malefício sequer?

Os parlamentares até cogitaram expandir a lei para prédios residenciais, mas (pelo menos por enquanto) a ideia não vingou: os políticos acharam que a medida poderia sair cara demais para o bolso do cidadão.

E você, aprovaria uma Lei assim aqui no Brasil?

Foto: Leong Him Woh/Creative Commons


Share

Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Observações

  1. […] na França, o governo obriga os edifícios comerciais a construírem telhados verdes, no Brasil, mais especificamente na cidade de Recife, a prefeitura está exigindo que os novos […]

  2. […] Foto: Leong Him Woh/Creative Commons Fonte: The Greenest Post […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *