Contra obesidade, Europa expõe frutas (em vez de doces) nos caixas dos mercados

Contra obesidade, Europa expõe frutas (em vez de doces) nos caixas dos mercados
29 out 2014

Saem os chocolates e jujubas e entram as frutas e verduras. Na Europa, a rede de supermercados Lidl decidiu substituir as guloseimas expostas nos caixas para ‘instigar’ os consumidores por produtos mais saudáveis. O motivo? Promover a alimentação sustentável e lutar contra a obesidade, que é um grande problema no continente.

Relatório divulgado este ano pela Organização Mundial da Saúde aponta que “o excesso de peso já é tão comum na Europa que pode virar ‘regra’ até 2030”. As crianças são as principais vítimas – e também as que ficam mais tentadas com as guloseimas expostas nas gôndolas dos caixas dos supermercados.

Batizada de Caixa Alternativa, a iniciativa da Lidl quer tirar os alimentos carregados de açúcar e gordura das vistas dos pequenos. No lugar, frutas, verduras e bebidas saudáveis ficarão expostas nos caixas das 695 lojas da rede, que existe na Suíça e Inglaterra.

O supermercado admite que no início pode ter uma queda nas vendas, ao optar por adotar a medida e varrer as guloseimas das gôndolas dos caixas – onde os consumidores, normalmente, ficam ‘à toa’ na fila, esperando sua vez de serem atendidos. Mas acredita que, com o tempo, cairá nas graças dos clientes (principalmente daqueles que já são pais) e passará a ser o supermercado número 1 na lista de preferência dos consumidores. Ah, se todas as empresas pensassem assim…

Foto: Francesca Palazzi/Creative Commons



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *