Empresa paga viagem de férias dos funcionários para que sejam mais felizes (e negócios prosperam)

Empresa paga viagem de férias dos funcionários para que sejam mais felizes (e negócios prosperam)
27 out 2016

Trabalhar feliz te torna bem mais produtivo. Mais valem três horas dedicadas de trampo a um dia inteiro contando as horas para ir para casa. Finalmente, as empresas do século 21 começam a entender isso e investir pesado no bem-estar dos funcionários. Exemplo disso é a empresa Steelhouse, que atua na área de marketing.

Desde 2010, a companhia oferece dois mil dólares para cada funcionário investir em suas férias todos os anos. O que será feito com o dinheiro pouco importa: vale viajar, apostar em lazer ou ir para um retiro espiritual. Segundo o CEO da empresa, Mark Douglas, no começo até os próprios funcionários tiveram dificuldades de entender o benefício.

A única exigência para gastar esse orçamento é que seja em lazer – e também não precisa ser de uma vez só: pode ser em uma grande viagem de férias ou em diversas atividades pequenas que trazem felicidade durante todo o ano. Douglas relata que a medida funcionou muito bem na retenção de talentos: em três anos, apenas cinco dos 250 funcionários deixaram a empresa. Além disso, os resultados da companhia melhoraram.

“Nossa cultura é bem simples” explica Douglas. “Ela se baseia em confiança e ambição”. Se um funcionário compra a passagem ou faz os gastos em um dia, ganha o reembolso no outro. E se, por qualquer motivo, ele não pode bancar antes de ganhar o reembolso, o cartão de crédito da empresa pode ser utilizado nesses casos (desde que não passe o limite anual).

Mergulhados na rotina louco de trabalho, alguns funcionários chegaram a pedir para ganhar o benefício em dinheiro e deixar a diversão de lado, mas Douglas foi categórico: nem pensar! É preciso ter tempo livre e divertido para os negócios prosperarem. Quem aí já quer mandar seu currículo para a empresa?

Foto: Thomas Hawk/Creative Commons



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *