Em guerra, Síria aposta em hortas urbanas para conseguir alimentar população

Em guerra, Síria aposta em hortas urbanas para conseguir alimentar população
09 maio 2016

Bombas, sofrimento, insegurança, fome… A guerra traz uma porção de consequências tristes para as regiões onde acontece. Afastá-las, infelizmente, não depende da vontade de poucos cidadãos de bem, mas eles podem ajudar a reduzir seus impactos.

É o caso do ativista Abdallah Al Shaar. Nascido na Síria, ele fundou a 15th Garden, iniciativa que visa combater a fome nas regiões sírias que estão em conflito. Como? Não se trata de nenhuma ideia mirabolante. Pelo contrário. O projeto apenas planta hortas nesses lugares. E, por incrível que pareça, está causando um impacto e tanto.

É que, desde 2014, quando foi criada, a iniciativa se antecipa à guerra, cultivando alimentos em regiões que possivelmente se tornarão alvos de conflito. Desta maneira, as hortas se tornam fonte de comida para os civis que ali moram, quando ficam isolados por conta de ataques.

“Um bom exemplo é a cidade de Damaso. Iniciamos nossas atividades na região e, oito meses depois, a ONU trouxe cestas básicas às famílias. Meses após esse episódio, no entanto, as Nações Unidas não conseguiam mais alcançar as áreas sitiadas, mas nossas hortas já estavam lá. Havia 200 kg de abobrinha, por exemplo, para serem distribuídos à população”, contou uma das ativistas do projeto, Ansar Hevi, ao site News Deeply.

Além de legumes, frutas e verduras para consumo imediato, as hortas também são usadas para o cultivo de grãos que podem ser estocados, como lentilha, para que as famílias não precisem se expor em dias de conflito para colher os alimentos.

Abdallah Al Shaar, fundador da 15th Garden, foi caçado pelo governo e (acredite se puder!) obrigado a fugir para a Suécia. Seu legado, no entanto, ficou. Muitas famílias estão conseguindo se alimentar em meio à guerra graças à iniciativa deste homem. Palmas para Abdallah!

Foto: Divulgação/15th Garden



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *