Drones sobrevoam e semeiam áreas desmatadas em distância ideal para que brotem novas árvores

Drones sobrevoam e semeiam áreas desmatadas em distância ideal para que brotem novas árvores
29 jun 2016

A tecnologia pode ajudar muito o meio ambiente! Já contamos aqui no The Greenest Post sobre a startup que está usa celulares antigos que iriam para o lixo para combater o desmatamento nas florestas brasileiras. Enquanto uma tecnologia combate, a outra refaz o que destruímos: a DroneSeed, startup americana, é a responsável por construir drones que plantam árvores enquanto voam.

Plantar árvores é sempre um prazer e, sem dúvidas, traz uma sensação muito boa a quem o faz. No entanto, reflorestar toda a área que o homem desmatou daria muito trabalho e exigiria muita mão de obra, tempo e dinheiro. Por isso, os drones vieram a calhar!

Além de fazer o trabalho pesado, a tecnologia ainda é capaz de monitorar o crescimento das sementes e garantir que não há ninguém praticando o desmatamento ilegal. Tudo isso de maneira barata e escalável!

O dispositivo consegue voar por 30 minutos ininterruptos e tem capacidade de cobrir uma área de aproximadamente quatro mil metros quadrados em uma hora e meia (!). E mais: com a velocidade que a semente cai na terra, ela é enterrada na distância ideal para que consiga brotar uma muda.

Só nos Estados Unidos, mais de 24 mil quilômetros quadrados de árvores são devastadas todos os anos por conta de incêndios nas florestas. Aqui no Brasil o número não é muito melhor: são aproximadamente 20 mil. E aí, o que vamos fazer a respeito?


 

Share

Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *