Documentário revela trabalho escravo que está por trás de (quase todas) nossas roupas. Veja trailer!

Documentário revela trabalho escravo que está por trás de (quase todas) nossas roupas. Veja trailer!
01 jun 2015

Preços baixos são grandes atrativos da indústria da moda, uma das mais lucrativas do mundo. Mas o que está por trás destas peças de roupa? Quem as produziu? O documentário The True Cost pretende responder às incertezas. Então sente, respire fundo e veja o trailer. É de cortar o coração! 🙁

Trabalho escravo e infantil, morte, exploração e condições desumanas de vida são a vergonhosa realidade que financiamos quando compramos algo sem dar importância à procedência. No Brasil e no mundo, muitas pessoas ainda sofrem com esta realidade.

“Eu nunca me informei de onde minhas roupas vieram”, conta Andrew Morgan, diretor do longa metragem. “Quando resolvi dar uma olhada nas etiquetas, me choquei com o que encontrei”.

Depois do choque de realidade, Morgan lançou campanha de crowdfunding por meio do Kickstarter, que arrecadou mais de 76 mil dólares em novembro de 2013 para produzir o documentário.

Os desfiles mais importantes foram acompanhados e as maiores fábricas do mundo foram visitadas. O filme promete quebrar o sistema e oferecer soluções viáveis, para podermos enxergar um futuro melhor (para o planeta e para a moda).

Foto: Divulgação



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Observações

  1. Gostei imensamente de poder compartilhar os seus trabalhos… ONG/OSEC/Socioambiental/Plantas medicinais e alimentos funcionais… TO/BRASIL.

  2. […] 4) SE INFORME! Às vezes o barato pode sair muito caro! Existem muitas marcas que lucram em cima do trabalho escravo de pessoas do outro lado do mundo. Além de não ser nada humano, esse tipo de linha de produção exige muito transporte para chegar até você. Opte por marcas locais que se preocupam com seus recursos humanos. Lembra do documentário “The True Cost”?  […]

  3. Muito interessante essa visão do mundo da moda. Mais interessante vai ser ver a mudança nos próximos anos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *