Dinamarca quer taxar carne vermelha para combater o aquecimento global

Dinamarca quer taxar carne vermelha para combater o aquecimento global
05 maio 2016

Segundo estudo feito pela ONU, 10% de todas as emissões de gases causadores do efeito estufa do planeta são provenientes da indústria do gado. Disposta a reduzir consideravelmente seu impacto no meio ambiente, a Dinamarca decidiu diminuir o consumo de carne vermelha no país. Como? Subindo os preços!

O Conselho de Ética dinamarquês apresentou proposta que prevê a taxação da carne vermelha – e ela foi aprovada por uma “esmagadora maioria”, segundo o jornal The Independent. A ideia é que os cidadãos passem a consumir menos o alimento por conta do aumento do preço e, consequentemente, desestimulem a indústria poluidora.

Estima-se que, com a medida, a Dinamarca consiga reduzir entre 20 e 35% suas emissões de gases causadores do efeito estufa, dependendo da adesão dos consumidores.

A proposta agora segue para análise do parlamento dinamarquês – e o Conselho está otimista. A expectativa é de que a medida seja aprovada e, aos poucos, a prática de taxar produtos vá se expandindo para outros alimentos que tenham significativo impacto ambiental.

Você é a favor?

Foto: Another Pint Please…/Creative Commons


Share

Redação
Redação

Também quer ver seu texto publicado no The Greenest Post? Entre em contato com a gente pelo e-mail colabore@thegreenestpost.com!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *