Dinamarca ganha supermercado que só vende comida vencida (com desconto)

Dinamarca ganha supermercado que só vende comida vencida (com desconto)
27 dez 2016

Nós desperdiçamos ⅓ de todo alimento produzido no mundo. A rede de supermercado WeFood nasceu para tentar mudar isso. No início deste ano escrevemos, aqui no The Greenest Post, sobre o primeiro supermercado do mundo que vende apenas alimentos vencidos com desconto. A moda se espalhou pelos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra.

O sucesso foi tanto que a própria Dinamarca resolveu inaugurar um novo estabelecimento no mesmo estilo. No final do mês de novembro, o bairro chamado Nørrebro, localizado na cidade de Copenhagen, ganhou uma nova unidade que oferece alimentos vencidos, com erros de embalagens, visualmente feios, que se não fosse a iniciativa acabaria no lixo.

Diferente de algumas novas iniciativas que surgiram ao longo do ano, o principal público alvo não são famílias de baixa renda, mas pessoas conscientes de que é preciso reduzir a quantidade de lixo útil que desperdiçamos todos os dias. Essas pessoas tendem a se preocupar muito com o aproveitamento dos alimentos e estão dispostas a fazer seu melhor para o reaproveitamento.

Em geral o preço acaba sendo metade do que é praticado em supermercados regulares. O único problema é que não é possível contar com a compra do mês 100% no local, já que as mercadorias são recebidas conforme oferta dos demais supermercados parceiros e não segue uma tendência clara.

Estimativas das Nações Unidas acreditam que o desperdício de alimentos custa para o mundo um trilhão de dólares todos os anos e libera aproximadamente 3.3 bilhões de toneladas de gases de efeito estufa para a atmosfera.

Segundo a legislação dinamarquesa, desde que o alimento esteja devidamente embalado e não mostra sinais que podem pôr em risco a saúde, é legal a comercialização. Vocês importariam essa lei para o Brasil?



Jéssica Miwa
Jéssica Miwa

Mãe do Gael, Googler, jornalista e cofundadora do The Greenest Post. Acredita em pequenas ações que podem mudar o mundo.

Observações

  1. É necessário não ter desperdícios em todo o planeta, a iniciativa é espetacular, parabéns para a Dinamarca.

  2. Moro na Suíça à vinte anos e desde que estou aqui conheço minis mercardos de produtos vencidos entre coisas de higiene pessoal e p casa. Assim como tb na Alemanha, são mercados p atendender realmente os sem tetos e pessoas sem condições realmente de comprar num mercado normal. Os valores são realmente irrizórios, apenas p as pessas ñ se sentirem maus em estarem necessitadas, sentirem um pouco de dignidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *