Contra extinção da espécie, PR promove reprodução inédita de onças-pintadas

Contra extinção da espécie, PR promove reprodução inédita de onças-pintadas
22 jan 2017

O Refúgio Biológico Bela Vista, em Foz do Iguaçu, no Paraná, registrou a primeira reprodução em cativeiro de onças-pintadas. O nascimento dos dois bebês onças ocorreu apenas três meses depois da aproximação entre Valente, um antigo morador do local, e a recém-chegada Nena, procedente da divisa entre Mato Grosso do Sul e Goiás.

Um dos filhotes foi encontrado morto. Uma das hipóteses é que a mãe, ainda sem experiência em cuidar dos bebês, tenha se deitado em cima de um deles. Outra teoria é que a mãe tenha tentado proteger os recém-nascidos do barulho dos fogos, na virada do ano, deitando sobre eles.

Quando Nena chegou, em setembro, os profissionais da unidade de conservação foram bastante prudentes. Eles trabalhavam com a expectativa de que os primeiros filhotes fossem gerados em um ano. A antecipação do prazo traz esperança de nascimento de mais onças-pintadas, espécie em processo de extinção na natureza. A única reserva de grande porte no sul do país que abriga a espécie é o Parque Nacional do Iguaçu, na fronteira do Brasil com a Argentina.

A onça-pintada (Panthera onca) pode chegar a 2,10 metros de comprimento, 90 centímetros de altura e pesar até 150 quilos. Os bebês nascem cegos e passam a enxergar depois de duas semanas de vida. Os machos atingem a maturidade sexual aos três anos e meio. Já as fêmeas aos dois anos de idade.

O Refúgio Biológico é aberto à visitação. Mais informações estão disponíveis aqui.

Foto: Alexandre Marchetti



Web Rádio Água
Web Rádio Água

A Web Rádio Água é uma ferramenta de comunicação do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH), um centro de categoria 2 do Programa Hidrológico Internacional da UNESCO. A WRA opera na produção e difusão de conteúdos em áudio (técnicos e comunitários) dentro das temáticas “Água, Energia e Sustentabilidade”. O projeto dedica-se a ser um espaço colaborativo que possibilita a troca de informações e experiências, para que, a partir da mobilização social, sejam adotadas boas práticas relacionadas à temática água como recurso natural em diferentes cenários da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *