1 em cada 3 casos de demência pode ser prevenido com dietas saudáveis, aponta estudo. Conheça quais!

1 em cada 3 casos de demência pode ser prevenido com dietas saudáveis, aponta estudo. Conheça quais!
27 jul 2017

Hábitos alimentares vão além de uma silhueta esbelta. Estão associados a todos os tipos de benefícios e riscos à saúde – inclusive do nosso cérebro. Nova pesquisa publicada no Journal of the American Geriatrics Society examinou dietas e habilidades cognitivas dos idosos e os resultados foram surpreendentes.

Eles concluem:

“A adesão aos padrões de Dieta Mediterrânea e Dieta MIND está associada a uma melhor função cognitiva em idosos e menor probabilidade de comprometimento cognitivo.”

Como são estas dietas?

Os benefícios da Dieta Mediterrânea não são nenhum mistério. É constantemente citada como um dos estilos de vida mais saudáveis do mundo. É rica em frutas, vegetais, grãos integrais, feijões, batatas, nozes, azeite e peixes. Alimentos processados, fritos, fast food, snacks, carne vermelha, aves e alimentos lácteos estão na lista de “comidas proibidas”.

Já a Dieta MIND (que na sigla em inglês quer dizer Mediterranean DASH diet Intervention for Neurodegeneration Delay) é como um subconjunto da Dieta Mediterrânea, baseada em 15 tipos de alimentos – sendo 10 deles saudáveis para o cérebro (folhas verdes, nozes, “berries”, feijões, grãos integrais, frutos do mar, avez, azeite, vinho, e outros vegetais) e 5 de consumo proibido (carne vermelha, manteiga e margarina, queijo, doces e frituras).

Resultados da pesquisa

A pesquisa foi feita com 5.907 idosos, todos participantes do Estudo de Saúde e Aposentadoria. Depois de comparar as dietas dos participantes com seu desempenho em testes cognitivos, incluindo habilidades de memória e atenção, os pesquisadores descobriram o seguinte:

“Pessoas idosas que seguiram dietas do estilo Mediterrânea ou MIND pontuaram significativamente melhor nos testes de função cognitiva do que aquelas que seguiram dietas menos saudáveis. Na verdade, tiveram 35% menos risco de uma pontuação ruim em testes cognitivos.”

Outras pesquisas apontaram que 1 em cada 3 casos de demência pode ser prevenido apenas adotando hábitos saudáveis de vida. Com isso, descobrimos uma nova maneira de começar a cuidar de sua saúde mental. Felizmente, ambas as dietas oferecem muitas variedades e sabores deliciosos. A moral da história é simples: se alimente de forma inteligente, e permaneça inteligente por mais tempo.

Foto: PhotoPin/Ars Electronica


Share

Guilherme Lupino
Guilherme Lupino

Engenheiro Civil, formado pela Universidade Estadual Paulista, entusiasta em novas tecnologias e sistemas de construção sustentáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *