Chinelos velhos encontrados na praia viram brinquedos para crianças da África

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v80), quality = 100
27 nov 2015

Quem aí já perdeu um chinelo na praia? Acontece com bastante frequência e, na hora, lamentamos a perda do calçado – mas, deixar plástico na areia ou no mar implica em consequências bem mais tristes, como a poluição da água e a perda da biodiversidade.

Mas e se todo esse lixo plástico pudesse ser transformado em brinquedos para as crianças da África e, de quebra, ainda gerasse renda para as comunidades locais? Pois é exatamente esse o trabalho que a empresa Ocean Sole está fazendo.

Com sede em Nairóbi, capital do Quênia, o negócio social reaproveita sandálias velhas e outras peças de borracha encontradas nas praias africanas para fazer lindos brinquedos para as crianças. São elefantes, javalis, rinocerontes, leões e girafas – alguns até em tamanho real! -, supercoloridos, que divertem os pequenos.

Os funcionários da empresa são todos moradores da região costeira do Quênia, de onde vem boa parte da matéria-prima da Ocean Sole. Entre eles, está o artesão Eric Mwandola. Ao ingressar na rede de colaboradores do negócio, ele viu sua vida mudar radicalmente: “Não tinha nem dinheiro para comprar sapatos para procurar emprego. Hoje não falta comida e nem roupa em casa e as crianças ainda vão para a escola”, disse ao MNN.

As esculturas feitas pelos artesãos da empresa ganham o mundo: são vendidas a zoológicos, aquários e lojas de 20 diferentes países, divertindo adultos e crianças. Quer negócio melhor que esse? A Ocean Sole limpa os mares, produz renda para os moradores locais e, de quebra, arranca sorrisos mundo afora!

Curtiu? Conheça mais sobre o trabalho da empresa no vídeo abaixo!

Foto: Divulgação/Ocean Sole


Share

Redação
Redação

Também quer ver seu texto publicado no The Greenest Post? Entre em contato com a gente pelo e-mail colabore@thegreenestpost.com!

Observações

  1. […] Já conhecido como o lixão do mundo, os oceanos estão cada vez mais cheios de plásticos e resíduos que nós depositamos insistentemente na natureza. Estima-se que hoje existam 150 milhões de toneladas de plástico no oceano. Diversas iniciativas tentam reverter a situação. É o caso da coleção de roupa feita a partir de plástico resgatado do mar e da ONG Ocean Sole, que transforma chinelos velhos encontrados na praia em brinquedo. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *