O casal que viaja o Brasil em uma kombi lutando contra a exploração de povos oprimidos

O casal que viaja o Brasil em uma kombi lutando contra a exploração de povos oprimidos
28 maio 2016

O casal Raissa Copasso e Gabriel Kieling (psicóloga e arquiteto por formação, mas com conhecimentos que vão muito além disso), certo dia resolveu cair pelas estradas do Brasil rumo à lugares onde o poder público praticamente não chega.

A bordo de sua Kombique, além de meio de transporte, é casa, ponto de cultura, banco de sementes e muito mais! -, eles seguem em seu firme propósito de facilitar a emancipação de povos historicamente oprimidos. Como relatam em seu site: “Em nossas andanças pelo Brasil, tivemos experiências maravilhosas, porém presenciamos muita exploração e relações de poder perversas. As estratégias de opressão permeiam as questões subjetivas e materiais do território, da moradia e propriedade. Também estão por trás da edificação de fronteiras simbólicas e concretas por nacionalidade, gênero, raça, idade, etnia, classe social, etc. Pretendem a desarticulação dos movimentos sociais, das práticas sociais e individuais integrativas. Essas práticas incluem a vivência afetiva e cultural das pessoas, as conectam consigo mesmas, com o outro, ao percurso individual e de seu povo. Assim, potencializa-se o protagonismo em sua própria história, nas politicas públicas e nas trajetórias que garantem direitos e fortalecem a identidade, o projeto de vida e de sociedade, para melhoria da qualidade de vida.”

Entre os principais objetivos do projeto Etinerancias, como foi batizado, estão:
– Facilitar o desenvolvimento integral do ser humano;
– Colaborar para a transformação e desenvolvimento social e qualidade de vida;
– Fortalecer o patrimônio simbólico e imaterial da humanidade, por meio da vivência dos fazeres e saberes tradicionais e o partilha de conhecimento;
– Colaborar com a criação de alternativas para modo de vida sustentáveis, solidários e permaculturais;
– Fomentar parceria com a comunidade;
– Participar no processo de enfrentamento coletivo das desigualdades e opressões;
– Desenvolver nossas profissões de maneira itinerante;
– Colaborar para a produção de conhecimento científico comprometido e relevante socialmente;
– Viajar e conhecer diferentes povos e culturas.

Curtiu a ideia? Abaixo algumas fotos do trabalho lindo que eles tem feito por aí.


TESTE COMUNIDADE 2]

TESTE-ACOES-2TESTE-BIBLIOTECATESTE-CINEMATESTE-SARAUfotos_xico_xavier_andre_mortatti-3TESTE-SEMENTESFOTO-ETINERÂNCIAS

 

Share

PorQueNão?
PorQueNão?

PorQueNão buscar e compartilhar conhecimentos a fim de repensarmos nosso modo de vida? Viajamos o Brasil conectando pessoas que fazem e pessoas que buscam

Observações

  1. Adorei tudo. Adorei voces que fazem este site!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *