Brasil quer reduzir pena de presos que doam sangue regularmente

Brasil quer reduzir pena de presos que doam sangue regularmente
18 dez 2015

Está rolando (mais uma) polêmica no Congresso! Dessa vez, o responsável é o senador Marcelo Crivella, autor do PLS 117/2014, que propõe a redução de pena para presos que sejam doadores regulares de sangue.

A ideia é que o presidiário reduza quatro dias de pena a cada vez que doar sangue. A adesão à medida deverá ser voluntária e precedida de avaliação médica. Homens poderão doar a cada três meses e mulheres em intervalos de quatro meses, por questões de saúde.

Se aprovada, a Lei deve ajudar a resolver dois grandes problemas do Brasil ao mesmo tempo: a superpopulação carcerária e a falta de sangue nos hospitais. Curtiu?

Muitos parlamentares apoiam o PLS, mas outros tantos rejeitam a medida. Entre os argumentos daqueles que são contra está o fato de que doar sangue não significa que o presidiário esteja pronto para ser reinserido na sociedade.

E você? O que pensa a respeito do assunto?



Redação
Redação

Também quer ver seu texto publicado no The Greenest Post? Entre em contato com a gente pelo e-mail colabore@thegreenestpost.com!

Observações

  1. O presidiário deveria ser obrigado a doar sanque, e não ter nada em troca, eu faço doação a cada 4 meses e nunca pedi nada. Bandido no Brasil tem mais regalias e direitos que o coitado trabalhar vitimado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *