Bairro ganha floresta comestível onde moradores podem colher alimentos de graça

Bairro ganha floresta comestível onde moradores podem colher alimentos de graça
23 jul 2015

Poder colher, a poucos quarteirões de casa, alimentos fresquinhos (e de graça!) para se alimentar é o sonho de muitas pessoas. Mas, para os moradores do bairro de Beacon Hill, em Seattle, nos EUA, o sonho virou realidade.

A fada madrinha? Margarett Harrison! A paisagista e arquiteta apresentou ao governo local o projeto Beacon Food Forest, que propunha a construção de uma floresta urbana comestível bem no meio do bairro, onde os moradores pudessem colher gratuitamente alimentos frescos da estação.

A ideia recebeu carta branca do governo e a Beacon Food Forest ganhou vida: sediada em uma área de 20 mil m², a floresta comestível já possui vários tipos de árvores – entre elas, de noz, castanha, maçã, pera, goiaba e caqui, além de ervas e arbustos de mirtilo e framboesa. A ideia fez tanto sucesso entre os moradores que já há planos de ampliá-la para uma área de 70 mil m². Não é legal?

Bacana também é ver a consciência de toda a população: apesar dos alimentos serem gratuitos, a organização da Beacon Food Forest garante que as pessoas não abusam e colhem apenas o que realmente precisam. Assim todos moradores podem usufruir da floresta urbana comestível e não falta alimentos fresquinhos para ninguém!

Assista, abaixo, ao vídeo do projeto!

Ia curtir uma iniciativa assim no seu bairro?

Foto: Jonathan H. Lee/Reprodução/Facebook


Share

Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Observações

  1. Lourdes da Cruz Esteves Diz: setembro 27, 2015 at 12:35 am

    Muito bom os posts! Fazem a gente pensar e se questionar qual o nosso papel aqui e agora.

  2. Sou técnico em meio ambiente. faço adubos orgânicos, com frutas e legumes,depois faço humor de minhoca com esterco de gado. É como posso ajudar as crianças, com a riqueza do meio ambiente.

  3. Aguinaldo A. Carvalho Diz: outubro 25, 2015 at 7:47 am

    excelente!….

  4. Se cada cidadão se comprometesse a plantar algo – pra si mesmo ou vizinhos – grande seria sua utilidade perante o UNIVERSO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *