Aplicativo propõe exercícios que prometem rejuvenescer sua visão em 8 anos

Aplicativo propõe exercícios que prometem rejuvenescer sua visão em 8 anos
02 dez 2014

Ok, nós sabemos que ficar muito tempo olhando para a tela do computador ou do celular é prejudicial à visão. Mas, como para toda regra há uma exceção, apresentamos o aplicativo GlassesOff. Trata-se de um joguinho – que pode ser baixado em tablets e celulares – que promete ajudar a melhorar a tal “vista cansada“.

Desenvolvido por uma startup israelense, o app é uma resposta a um recente estudo, apresentado pela Universidade de Tel Aviv, que aponta que a presbiopia (nome que se dá a anomalia popularmente conhecida como “vista cansada”) é causada, em linhas gerais, por “preguiça” do cérebro, que com o passar do tempo fica “viciado” em processar imagens, causando a sensação de visão turva.

Bem, alguém conhece algo mais eficiente para espantar a preguiça do que o hábito de se exercitar? Essa é a proposta do GlassesOff: teinar o cérebro contra a presbiopia. O aplicativo avalia os problemas de visão do usuário, a partir de jogos simples feitos na tela do celular, e ao terminar o diagnóstico traça um treinamento personalizado contra a vista cansada.

Se praticar os exercícios propostos pelo aplicativo regurlamente – cerca de 3 vezes por semana, durante 12 minutos -, o GlassesOff pode chegar a rejuvenescer sua visão em até 8,6 anos, garantem os criadores. E nem precisa esperar muito para ver (literalmente!) os resultados: ao fim de cada dia de treinamento, o app dá ao usuário um feedback e mostra quanto a saúde de seus olhos já melhorou graças aos exercícios.

Curtiu o GlassesOff? Ele pode ser baixado em tablets e celulares nos sistemas iOS e Android. Mas atenção! O aplicativo é gratuito, apenas, nas duas primeiras semanas de uso.

Foto: Chris McClanahan/Creative Commons



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *