493 anos após descobrimento do Pantanal, pesquisadores encontram nova espécie de planta exclusiva do bioma

493 anos após descobrimento do Pantanal, pesquisadores encontram nova espécie de planta exclusiva do bioma
26 fev 2017

Com uma área de aproximadamente 190 mil km², o Pantanal é considerado um Patrimônio Natural Mundial pela UNESCO e continua nos surpreendendo a cada dia. 493 anos após o bioma ser descoberto pelos portugueses, uma nova espécie de planta acaba de ser encontrada no local. Trata-se da Ipomoea pantanalensis J.R.I.Wood & Urbanetz, um cipó da família da batata-doce.

A planta foi depositada no herbário da Embrapa há 30 anos e catalogada como uma espécie comum, mas durante uma visita ao local o pesquisador John Wood, da Universidade de Oxford, no Reino Unido, percebeu que se tratava de um exemplar diferente das espécies já conhecidas.

Ele e a pesquisadora Catia Urbanetz fizeram, então, a descrição da nova planta. “No Pantanal, não há muitas espécies exclusivas. A maioria delas ocorre no Cerrado, na Amazônia e na Mata Atlântica. Por isso, foi um impacto muito grande para a gente saber que tínhamos uma preciosidade em nossa coleção”, explica Catia.

O próximo passo para a divulgação dessa descoberta será a publicação de um artigo cientifico em uma revista internacional de botânica. O material será todo escrito em inglês, com ilustrações da planta, detalhes de sua flor, descrições de habitat e características que a diferenciam das demais espécies. É o Brasil mais uma vez sendo destaque na imprensa mundial especializada por sua biodiversidade!



Web Rádio Água
Web Rádio Água

A Web Rádio Água é uma ferramenta de comunicação do Centro Internacional de Hidroinformática (CIH), um centro de categoria 2 do Programa Hidrológico Internacional da UNESCO. A WRA opera na produção e difusão de conteúdos em áudio (técnicos e comunitários) dentro das temáticas “Água, Energia e Sustentabilidade”. O projeto dedica-se a ser um espaço colaborativo que possibilita a troca de informações e experiências, para que, a partir da mobilização social, sejam adotadas boas práticas relacionadas à temática água como recurso natural em diferentes cenários da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *