29 baleias cachalotes são encontradas mortas na Alemanha com estômagos cheios de lixo plástico

29 baleias cachalotes são encontradas mortas na Alemanha com estômagos cheios de lixo plástico
03 nov 2016

1, 2, 3… V-I-N-T-E E N-O-V-E. Esse foi o número de baleias cachalotes encontradas mortas em praias da Alemanha, na região do Mar do Norte. A quantidade expressiva de animais intrigou os pesquisadores. Afinal, o que matou tantas baleias de uma vez só?

A resposta chegou há poucos dias, com o resultado das necrópsias: os 29 animais – todos jovens e do sexo masculino – tinham (MUITO!) lixo plástico no estômago. De pequenos a grandes fragmentos, os cientistas encontraram de tudo dentro deles. Inclusive uma rede de pesca de 13 metros de comprimento e uma peça de carro de 70 centímetros.

Ainda segundo a necrópsia, as baleias tiveram insuficiência cardíaca por conta da ingestão de plástico. “Depois de ingerir tanto lixo, elas não são capazes de suportar o próprio peso. Os órgãos internos entram em colapso e elas encalham em águas rasas, sendo levadas pela correnteza até as praias”, explicaram os especialistas à National Geographic.

Pesquisas apontam que o ser humano descarta cerca de oito milhões de toneladas de plástico nos oceanos todos os anos. É tanto lixo tóxico à vida marinha que, se continuarmos nesse ritmo, até 2050 haverá mais plástico do que peixes em nossos mares.

Parabéns aos envolvidos… 🙁



Débora Spitzcovsky
Débora Spitzcovsky

Débora Spitzcovsky é jornalista, formada pela Universidade Metodista de São Paulo e, desde o início da carreira, atua na área da sustentabilidade. Atualmente, é analista de comunicação sobre o tema na Duratex

Observações

  1. Janete Gaviraghi Diz: julho 24, 2017 at 1:01 pm

    O QUE DIZER DIANTE DE TAMANHA ABERRAÇÃO? O QUE SENTIR ALÉM DE INFINITA TRISTEZA E GRANDE REVOLTA? MEU DEUS!!!COMO PODE A RAÇA HUMANA NÃO TER NOÇÃO, NÃO TER CONSCIÊNCIA?? O QUE ESPERAR DE QUEM MATA SUA PRÓPRIA ESPÉCIE A NÃO SER ISSO?…”A TERRA GEME COM A CRUELDADE DOS HUMANOS.”

  2. LAERTE PIRES DE GODOY Diz: julho 24, 2017 at 4:14 pm

    O MAIS PURO REFLEXO DO TOTAL ATRASO DESSE SER QUE INJUSTAMENTE CHAMAMOS DE HUMANO. SE HOUVESSE UMA RIGIDEZ COMO EXISTE NAS GUERRAS, EU DÚVIDO QUE ESTA SERIA UMA PAUTA PARA UMA REPORTAGEM. O SER HUMANO É O SER VIVENTE MAIS CRETINO E IMBECIL QUE, INFELIZMENTE, AINDA ESTÁ POR AQUI. BRIGA POR BOBAGENS E É UM SER COMPLETAMENTE BURRO QUANDO ENVOLVE A SUA PRÓPRIA SOBREVIVÊNCIA NESTE PLANETA QUE JÁ DEVERIA TER ACABADO HÁ MUUUIIITTTTOOOOOO TEMPO.

  3. LAERTE PIRES DE GODOY Diz: julho 24, 2017 at 4:19 pm

    HOJE, AS PRAIS NÃO DEVERIAM DE JEITO NENHUM TER ACESSO LIVRE. JÁ QUE AS PESSOAS NÃO TEM ESCRÚPULOS E ADORAM PAGAR, QUE PAGUEM PARA TER ACESSO ÀS PRAIAS E AI DE QUEM DEIXAR UM SÓ LIXINHO NAS AREIAS. COM ESSA RAÇA MALDITA É ASSIM QUE AS COISAS FUNCIONAM. TUDO DAQUI PARA A FRENTE TEM QUE SER DE FORMA ABSOLUTAMENTE RADICAL. ESSA RACINHA MISERÁVEL SÓ ENTENDE DESSA FORMA.

  4. Leonardo Anselmo Ribeiro Diz: julho 25, 2017 at 6:32 am

    É DOÍDO PRECISAMOS COMBATER MAIS FORTE DQ NUNCA A QUESTÃO AMBIENTAL NO MUNDO , E PRINCIPALMENTE A EXPLORAÇÃO DE ANIMAIS SILVESTRES AQUI NO BRASIL E BUSCAR MAIS PROJETOS QUE INCENTIVAM A VIGILÂNCIA E TAMBÉM A CONSCIENTIZAÇÃO DOS ANIMAIS MARINHOS .

  5. Alexandre Gaudêncio Diz: julho 25, 2017 at 6:34 am

    Em 2014 estive em Salvador (Bahia) e fiquei incrédulo com o que vi junto a uma praia (praia do flamengo) que tem um bar/ restaurante. As pessoas junto à água comem e bebem e deixam o lixo que consomem do restaurante na praia sem qualquer cuidado. Depois a praia só e limpa no dia seguinte de manhã claramente toda a noite inúmero lixo entra mar a dentro. Foi o que mais me incomodou como vida de praia. Não quer dizer que nas nossas praias não aconteça (portugal) mas lá foi o pior que vi.

  6. Vamos acabar com essa covardia ambiental dona chanceler Angela Merkel. Chama a atenção do senhor Steinmeier para punir friamente esses monstros que matam as vidas marinhas.

  7. Renan Freitas Diz: julho 25, 2017 at 2:48 pm

    Vou habitualmente às praias de Japaratinga, Maragogi e São Bento, todas em Alagoas. Verdadeiros paraísos, mas também atingidas por essa agressão moderna e silenciosa de lixo plástico, que nós mesmos, provocamos. Não vejo, por parte das prefeituras de Maragogi e Japaratinga, uma mínima iniciativa de recolher, ou conscientizar nativos e visitantes a respeito de tal poluição. Bolsões de favelas já existem nessas cidades, com muitas crianças sem assistência, imaginem os animais marinhos, fauna e flora dessas cidades.

  8. BUENO, SÓ NÃO ESQUEÇAM…NA PRÓXIMA IDA AO MERCADOS, FEIRAS, FCIA OU LOJAS QUE LEVEM SUAS SACOLAS OU BOLSAS OU MOCHILAS E NÃO LEVEM PARA CASA A PRAGA DA SACOLINHA DE PLÁSTICO!

  9. Celso Paiva Diz: julho 26, 2017 at 11:58 am

    E triste e comprova que estamos indo para nosso próprio fim , a extinção das especies nos levara a nossa própria extincao , nao adianta nada , depois de anos alertando todos ainda existe isso .Minha esperanca e quec nosso fim o planeta possa se regenerar .

  10. Felipe Cavalho Diz: julho 26, 2017 at 1:18 pm

    Se os animais tivessem uma religião, o homem seria o diabo.

  11. Esses peixes sem educação, ficam jogando plastico no mar…

  12. Maria Luisa Diz: julho 26, 2017 at 6:08 pm

    O ser humano não enxerga. Vamos parar de poluir, mas também de comer os animais. Porque tem pena de baleias e não tem pena de vacas e peixes que comem? Tudo isso destrói a natureza também. A amazonia está sendo destruida pela pecuaria e ninguém para de comer seu bifinho. Enxerguem os assassinatos que voces cometem todos os dias a milhares de animais comendo eles. Eles sofrem, sentem dor tambem. Pobrezinhas das baleias, mas pelo menos elas sao “dignas” da compaixao do ser humano. Coitadas das vacas e frangos etc. Comer carne só faz mal para o planeta e para o corpo humano. Se informem! Saiam da estagnação! Vamos salvar o planeta! GO VEGAN!

  13. Nelson Nodimatu Diz: julho 27, 2017 at 1:14 am

    Maneira gigaErrada de tirar lixo do mar. Que pena. Poderia ser alguns “humanos” que tivesse engasgado com seus próprios dejetos.

  14. aryfranco Diz: julho 27, 2017 at 4:48 pm

    Alguns navios de turismo “desovam” o lixo em alto mar, acumulado durante os dias de suas festanças a bordo.
    Peixes vorazes de grande porte chegam a segui-los a espera de que isso aconteça.
    Esse inaceitável e inconcebível, faz parte do comportamento do abominável ANIMAL HOMEM, o maior predador existente sobre a face da Terra.

  15. O que podemos espera do ser humano, a respeito de coisas boas?? Absolutamente nada,,, é a pior especie na face da terra. sinto é nojo de saber que essa raça, pode fazer tamanha crueldade.
    triste demais.

  16. leonardo goncalves Diz: julho 28, 2017 at 7:47 pm

    parabéns aos envolvidos? os envolvidos somos todos nós, q produzimos lixo. :/

  17. Estamos todos involvidos. Precisamos de conscientização e políticas públicas de gestão de resíduos em nível global, e é pra já!!!

  18. Eduardo Sayegh Diz: julho 29, 2017 at 2:09 pm

    Se os humanos jogarem mais lixo e plástico e todas morrerem, acaba o problema.

    Fiz um estudo e se todas morrerem o índice de mortalidade cairá a zero anualmente.

    Este método pode ser aplicado a outras espécies marinhas e teremos um mundo colorido de taminhas, isqueiros, cadeiras e outros plásticos muito mais resistentes que os animais marinhos, sem risco de extinção ( dos plasticos)

    Como você bem mencionou;

    “Parabéns aos envolvidos!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *